• Locação de ativos

    Acelerando o saneamento básico no Brasil

    A Elevação é uma das poucas empresas brasileiras que construiu sistemas de esgotamento sanitário através da modalidade “Locação de Ativos”, algo semelhante a uma Parceria Público Privada (PPP).

    Ela investiu, através da SPE Araucária, na construção de todo o sistema de esgotamento sanitário de Campos do Jordão e recebe, mensalmente, o retorno daquele aporte inicial.

    Com capacidade de 230l/s, a estação de tratamento visa atender uma população de 80.000 habitantes e tem capacidade para atender a alta temporada, ampliando a 300.000 visitantes.

    A Estação utiliza tecnologia de ponta como as membranas de ultra filtração (MBR), utilizadas de maneira pioneira no Brasil para o tratamento de esgotos domésticos. O efluente deste tratamento é considerado água de reuso, contendo elevadíssimo grau de potabilidade. O sistema de tratamento foi considerado o mais moderno da Brasil naquele ano.

    Por ter uma vocação predominantemente turística, a cidade requer, com prioridade absoluta, a permanente preservação do meio ambiente. Assim o projeto de tratamento foi concebido para não provocar qualquer impacto negativo nas áreas situadas em seu entorno. A estação conta com controle de ruídos e um sistema de tratamento de gases que elimina os odores.

    De modo análogo, constituiu a Sanevap para a segunda Locação de Ativos, e executou o sistema de esgotamento sanitário Pararangaba, em São José dos Campos/SP.

  • Epcturnkey

    BOO – Build, OperateandOwn

    Reduza os custos de operação e garanta o melhor desempenho técnico

    No Build, OperateandOwn (Construir, Operar e Permanecer Proprietário), a construtora Elevação financia, constrói e toma posse do empreendimento, ou seja, não há a transferência da planta ao cliente no término do contrato.

    Neste modelo, o valor cobrado por m³ é um pouco menor que no BOT, porém, assim que o contrato acaba o contratante fica sem a unidade de tratamento.
    Os contratos BOO garantem segurança, flexibilidade e continuidade de serviços na construção e gestão de Estações de Tratamento de água e esgoto. Sem falar na operação de sua água com pouco ou nenhum gasto de capital, custos operacionais reduzidos e desempenho técnico otimizado.


    DBOT – Design, Build, OperateandTransfer

    Mantenha o foco em suas atividades e otimize o custo total de propriedade

    Nessa modalidade, a construtora Elevação assume todo o risco no processo de prospecção, captação e tratamento de água e efluentes, ficando o cliente isento de investir recursos próprios ou de assumir responsabilidade que não tenha a ver com sua atividade-fim.

    Todos os investimentos necessários à implementação, operacionalização e manutenção do sistema de captação e tratamento de água e efluente são assumidos pela Elevação, que ao término do contrato transfere o controle do ativo para o cliente.

    Cabe à nossa equipe o desenvolvimento do conceito, aplicação da tecnologia, desenvolvimento do projeto, instalação do sistema, partida e operação da planta, e o Cliente paga por m³ tratado à contratada. A responsabilidade por atender à legislação, por operar e por manter a planta também é da Elevação.

  • M.N.D

    Métodos não-destrutivos

    Sempre na vanguarda do setor, a Elevação foi uma das primeiras construtoras do país a adotar métodos não-destrutivos em suas obras como furo direcional, TunelLiner, Shield e NATM.

    Utilizamos essas metodologias na instalação de redes de infraestrutura como gás, água, esgoto, comunicação e energia, pois essa tecnologia gera maior segurança, agilidade e menor intervenção na rotina de uma cidade.